Ir para conteúdo do site

Ir para conteúdo

Prefeitura de Tapiraí - SP
Acompanhe-nos:
Facebook
Flickr
Instagram
Nossa Cidade »
Principal   Nossa Cidade   Símbolos Municipais

Hino

Aberto o concurso pela comissão designada pelo Executivo Municipal, foi considerado vencedor o Hino composto com letra do Professor Wilson Prestes Miramontes e música do seu filho, Antonio Wilson Prestes Miramontes.

A primeira apresentação pública do Hino Municipal deu-se na Semana da Pátria de 1973, mais precisamente, no dia 7 de setembro, data magna nacional, e foi cantado pelos alunos do então Grupo Escolar "Cel. João Rosa", o mais antigo e tradicional estabelecimento de ensino do município.

 


Brasão

O Brasão de Armas do município de Tapiraí, de autoria do heraldista Prof. Arcinós Peixoto de Faria, da Enciclopédia Heráldica Municipalista, é descrito, em termos próprios, da seguinte forma:

"Escudo samnítico encimado pela coroa mural de seis torres, de argente. Em campo de argente, firmada em chefe, a roda lancetada de Santa Catarina; flanqueada a dextra sinistra toras de madeira de góles serra-das de sable. Ao termo, um duplo mante! de sínopla, tendo brocante na ponta um aguado de argente e ondado de sínopla com um tapir passante de-argente. Como suportes do escudo, à dextra e sinistra, folhas de bananeira ao natural, entrecruzadas em ponta, sobre as quais se sobrepõe um listei em góles, contendo em letras argentinas o topónimo 'Tapiraí', ladeado pela data 19 de fevereiro de 1959".

Parágrafo Único - O Brasão, descrito neste artigo em termos próprios de heráldica tem a seguinte interpretação simbólica:

a) o escudo samnítico, usado para representar o Brasão de Armas de Tapiraí, foi o primeiro estilo de escudo introduzido em Portugal por influência francesa, herdado pela heráldica brasileira, como evocativo da raça colonizadora e principal formadora da nossa nacionalidade;

b) a coroa mural que o sobrepõe é o símbolo universal dos brasões de domínio que, sendo de argente (prata) de seis torres, das quais apenas 4 são visíveis em perspectiva no desenho, classifica a cidade representada na Terceira Grandeza, ou seja, sede de município;

c) o metal argente (prata) do campo do escudo simboliza a paz, amizade, trabalho, prosperidade, pureza, religiosidade;

d) firmada em Chefe (parte superior do escudo) a roda lancetada ou farpeada, que serviu de martírio de Santa Catarina, passou a ser o símbolo heráldico da Santa Padroeira da cidade;

e) flanqueada à dextra e sinistra do escudo, as toras de madeira de góles (vermelho) e serradas do sable (preto) apontam no brasão uma das principais atividades econômicas do Município, que é a extração de madeira de Lei;

f) a cor góles (vermelho) é símbolo de dedicação, de amor pátrio, audácia, intrepidez, coragem, valentia e o sable (preto) simboliza a prudência, sabedoria, moderação, austeridade, firmeza de caráter;

g) ao termo (parte inferior do escudo), o duplo mante! de sínopla (verde), representa no brasão a Serra do Paranapiacaba, principal acidente geográfico do município;

h) brocante sobre o duplo mante/, a anta ou tapir passante sobre um aguado de argente (prata) e andado de sínopla (verde), vem a se constituir na peça parlante do escudo, posto que, na língua tupi o topônimo adotado significa " água do tapir" - Tapir - anta, ai água;

i) nos ornamentos exteriores, as folhas de bananeira ao natural, indicam no brasão o principal produto oriundo da terra dadivosa, fontes de divisas aos cofres municipais;

j) no listel de góles (vermelho), em letras argentinas (prateadas), inscreve-se o topônimo identificador "TAPIRAÍ", ladeado pela data de sua emancipação política "19 de fevereiro de 1959".

 


Bandeira

A Bandeira Municipal de Tapiraí, de autoria também do heraldista Prof. Arcinós Antonio Peixoto de Faria, é terciada em faixa, sendo as faixas laterais verdes, de cinco módulos de largura e a central branca, de quatro módulos, carregada de sobrefaixa vermelha de um módulo, que parte do vértice de um triângulo isósceles branco, firmado na tralha, onde o brasão municipal é aplicado.

O brasão aplicado na Bandeira representa o Governo Municipal, e o triângulo isósceles branco onde é contido representa a sede do município.

A cor branca representa a pacificidade, a amizade, o trabalho, a prosperidade, a natureza e a religiosidade do povo.

As faixas laterais verdes representam as propriedades rurais. O verde simboliza também a honra, a civilidade, cortesia, abundância, alegria e, principalmente, a esperança, porque lembra os campos verde jantes da primavera, promissores de copiosa colheita.

A faixa branca central, carregada de sobrefaixa vermelha, representa a irradiação do poder municipal que se expande a todos os quadrantes do seu território.

O vermelho simboliza a dedicação, o amor pátrio, a audácia, a intrepidez, a coragem e a valentia dos habitantes de nossa terra, demonstrados na luta diária para torná-la cada vez mais próspera, mais pu jante, mais desenvolvida.

 

 

« voltar

 
Prefeitura de Tapiraí
Acompanhe
ENDEREÇO
Rua Augusto Moritz, 305 - Centro
CEP: 18180-000
ATENDIMENTO
Atendimento de Segunda-feira a Sexta-feira das 9:00 às 12:00 e das 13:00 às 16:00 horas
NEWSLETTER
Inscreva-se e receba nossos informativos em seu e-mail
Seta
Copyright Instar - 2006-2019. Todos os direitos reservados - Instar Internet Instar Internet